Medicina Antienvelhecimento

 


Esta medicina não é capaz de parar o tempo, mas pode atrasar o nosso relógio biológico

A Anti-Aging Medicine ou Age Manegement Medicine que do inglês significa: Medicina Antienvelhecimento e Gestão da Idade, respectivamente, nasceu há cerca de 17 anos nos Estados Unidos. Nasceu como um movimento que reuniu, de início, apenas 12 médicos, que pela primeira vez pensaram em conceituar e promover a saúde de forma diferente. Ao invés de aguardar passivamente pelo dano ou pelas doenças, aqueles médicos imaginaram que seria possível conceber uma estratégia diferente, aonde se passaria a atuar na vida das pessoas de forma preventiva e preditiva, muito antes que as patologias se manifestassem.

A idéia é atuar nas causas básicas do envelhecimento, ao invés de minimizar as suas conseqüências. É uma forma revolucionária de fazer medicina, que alia os novos conhecimentos e terapias já disponíveis nas áreas de biotecnologia, genética, biorrobótica, nutrição, atividade física e modulação hormonal. A proposta consiste em ajustar todos os nossos parâmetros biológicos, metabólicos e hormonais aos mesmos níveis encontrados em um indivíduo de 25 a 30 anos, fase em que todos nós atingimos o apogeu de nossa performance, e idade a partir da qual começamos a envelhecer.

Esta medicina não é capaz de parar o tempo, mas pode atrasar o nosso relógio biológico, reduzindo substantivamente a velocidade com que envelhecemos, minimizando, desta forma, as possibilidades de patologias, uma vez que iremos repor e receber todas as matérias primas necessárias e indispensáveis ao nosso equilíbrio. O que conhecemos como doença, nada mais é do que a soma das carências graduais, crônicas e cumulativas de matérias-primas básicas de que o nosso corpo necessita para funcionar com perfeição.

Esta forma de promover a saúde ganhou corpo e consistência mundiais, e este movimento, 17 anos depois, está hoje presente em 104  países estando representado por mais de 102.000 médicos, pesquisadores e cientistas de peso, alguns deles laureados como o Prêmio Nobel.

Objetivos:

• Reduzir, parar e, em alguns casos, reverter os processos degenerativos do envelhecimento • Restaurar os níveis de energia • Restaurar a vitalidade
• Otimizar a performance sexual • Reduzir a gordura corporal • Aumentar a massa muscular • Acelerar o metabolismo • Aumentar o metabolismo cerebral
• Elevar a capacidade físico-respiratória • Obter máxima qualidade de vida.

Bases do tratamento:

• Atividade física e esportiva de moderada intensidade • Reeducação alimentar e programa de alimentação em zona de equilíbrio hormonal
• Redução do stress físico e mental, compensando o restante • Suplementação nutracêutica funcional • Modulação hormonal masculina e feminina com hormônios bioidênticos.

Hormônios- Grego Hórmon  - significa excitar, estimular - provocar algum tipo de reação em outra região do organismo.

A modulação Hormonal é o método que, através de exames laboratoriais, traçamos o perfil hormonal do paciente detectando suas necessidades hormonais, e a partir deste ponto, podemos iniciar um programa de equilíbrio metabólico para que o paciente atinja um padrão hormonal compatível com o que se deseja. A melhor curva hormonal é aquela comparável a nossa juventude plena, ou seja, próximo dos 18 a 30 anos, portanto para uma ótima resposta metabólica buscamos resgatar níveis hormonais compatíveis com a juventude.

A modulação hormonal visa ajustar o organismo (a definição de organismo vem de organização), principalmente em relação à menopausa e andropausa e em toda deficiência glandular: seja baixa libido, pele desidratada, ressecamento vaginal, secura nos olhos, dificuldades de raciocinar, etc. A MODULAÇÃO HORMONAL pode servir também de base para as diversas terapias aplicadas para melhorar a saúde do indivíduo,ou seja, todos os pacientes que buscam uma melhora física, intelectual e mental mais aprimorada. Aqueles que sentem cansaço físico,e mental, distúrbios de esquecimento,desanimo com a vida, desmotivação sexual, ou os que simplesmente querem melhorar sua qualidade de vida e retardar seu envelhecimento.isto inclui, trabalhar os níveis hormonais,  associado  a uma dieta balanceada e exercícios  físicos.

Na modulação hormonal, a suplementação se dá através de hormônios e outros nutrientes, como aminoácidos, vitaminas e antioxidantes buscando atingir níveis hormonais compatíveis com os de nossa adolescência ou inicio da vida adulta, com o uso dos hormônios ditos bio-idênticos, ou seja, aqueles exatamente iguais aos que nossas glândulas produzem. Há algum tempo usavam-se hormônios similares, tais como extratos de plantas, derivados de animais, que sabemos hoje, não são adequados, pois causam distúrbios de receptores e danificam nossa saúde. Os hormônios bio-idênticos foram possíveis de serem produzidos, a partir do projeto genoma, que vem decifrando o nosso código genético, ou seja, o nosso DNA. Hoje por engenharia genética, modificamos o núcleo de uma bactéria e fazemo-la produzir os hormônios tais quais os nossos. Isto é um tremendo avanço científico. Um marco na modulação hormonal.

Dicas para otimizar o nível de acuracidade dos exames hormonais na amostra de sangue:

• Laboratório confiável
• Coleta realizada até às 08:30 da manhã
• Evitar situações estressoras nas 24 horas antecedentes à coleta
• Evitar bebida alcoólica nas 12 horas anteriores à coleta
• Colher o cortizol dentro de 50 minutos após acordar
• Evitar atividade física na noite anterior
• Evitar diuréticos nas 12 horas antecedentes
• Calmo
• Comer normalmente na véspera
• Evitar restaurantes ou alimentos fora da rotina nas 12 horas antecedentes

Clinica de estética na Mooca Todos Direitos reservados | Desenvolvido por G5 SEO Criação e Otimização de Sites.